DICAS

• As vilas no Mar Pequeno oferecem petiscos como frutos do mar, aluguel de barcos para pesca ou passeio e serviços de piloteiros. Muitas casas da vila há ainda fogões a lenha, casas de pau-a-pique e pescadores tecendo suas redes. Fale com o pessoal por lá, pois é possível comprar peixes, provar petiscos de frutos do mar e fazer um passeios com os pescadores.


• Leve bicicletas, pois seus 74km de praia ininterruptas oferecem excelentes passeios.


• Se quiser conhecer mais a fundo a ilha, faça os passeios de barcos e de escunas. Mas se for mais ousado poderá fazer passeios off road com motos, quadrículos ou jeeps.


• No Espaço Cultural Plínio Marcos há uma exposição permanente da cultura caiçara. Fica aberto o ano todo na Av. São Paulo, 1000 – Boqueirão do Norte.


• Diversos eventos acontecem na Ilha Comprida: mostra de teatro, festival de blues, carnaval nota dez, ILHA JULINA, encontro de motociclistas, passeio de bicicleta, circuito de surfe, shows, mostras de fotografias e exposições artísticas.


• Na praça do Boqueirão no Norte há uma feirinha de artesanato muito bacana.


• Visitar o antigo porto da balsa e apreciar o artesanato local.


Modalidades:


• Surf: até há uma escola municipal de surf em Boqueirão do Norte.• Pesca: é possível alugar barcos de pesca amadora e piloteiros nas vilas caiçaras de Ilha Comprida. Mas há também a possibilidade de pesca em alto mar, se informe na Divisão Municipal de Turismo da ilha.


• Esportes Náuticos: os bons ventos atraem os velejadores. Mas caiaques e canoas são comuns também.


• Mergulho: um naufrágio repleto de vida marinha atrai muitos mergulhadores.


• Diversos: nos 74km de praia ininterruptas, é indicado a prática do ciclismo, carro à vela e esportes de areia em geral.


Trilhas da Ilha Comprida:

• Trilha Juruvaúva – Pedrinhas: 7,45 km de extensão e 3 horas de caminhada aproximadamente. O retorno é de barco pelo Mar Pequeno. No passeio da trilha você percorrerá da Vila de Juruvaúva (famosa pelas ostras) até a Vila de Pedrinhas (famosa pela cachaça com cataia). No passeio você curtirá a vegetação típica de restinga e poderá visitar o único viveiro de mudas de restinga de São Paulo.


• Trilha Vila Nova – Sítio Arthur: 5,63 km de extensão e 2 horas de caminhada aproximadamente. O retorno é de barco pelo Mar Pequeno. No passeio da trilha você percorrerá da Vila Nova (onde está a Capela da Nossa senhora da Conceição de 1770) até o Sítio Arthur. A trilha é muito interessante, pois há passarelas, placas e pontes que oferecem a possibilidade de observar os manguezais, sítios arqueológicos (sambaquis) e a natureza em geral.


•Trilha Dunas – Juruvaúva: 3,6 km de extensão até as famosas e belíssimas dunas, as últimas ainda intocadas do Estado de São Paulo. Há dunas tão altas que se transformam em verdadeiros mirantes para observação do mar a longa distância. As dunas de Ilha Comprida são deslumbrantes e repleta de vegetação típica, aves e uma paisagem incrível!


• Trilha de Trincheira: 2,1km de extensão que penetra nas belezas naturais do extremos sul da praia da Ilha Comprida. Se tiver sorte será possível avistar golfinhos no canal de Cananeia, mas caso não os veja poderá contemplar lindas bromélias, o mar, barcos de pescadores e falésias.


Onde comer:


restaurantes da cidade possuem receitas especiais muito saborosas. Caso queira algo mais rústico e típico poderá visitar as vilas caiçaras e provar suas deliciosas receitas. Além de tudo há diversos bares, pizzarias, lanchonetes e sorveterias.





Dicas encontradas no site: http://loucosporpraia.com.br/ilha-comprida/


Adaptado por: Carolina Comoli Pinheiro